Voltar para o início


 

Assembleia Virtual aprova reunião com administrações e ações contra a ‘reforma’ administrativa

reuniões serão solicitadas a fim e cobrar o cumprimento das medidas sanitárias

quinta-feira 1 outubro 2020 às 13:46

Na tarde de quarta-feira (30), o SINTRAJUFE/PI realizou uma assembleia virtual com os servidores e servidoras do Judiciário Federal no Piauí, pela plataforma Google Meet. Estiveram em pauta, a segurança no retorno presencial ao trabalho e a ‘reforma’ administrativa (PEC 32/2020).

Iniciando o momento de falas o Diretor de Comunicação, Cultura e Desporto, Saturnino Dantas, destacou o compromisso da entidade.

“O SINTRAJUFE/PI segue atuando pelas melhores condições de retorno aos servidores. Iremos convocar outra reunião com as administrações para cobrarmos o cumprimento das medidas sanitárias a fim de que se ofereça toda segurança nesse momento de retorno ao trabalho presencial”, frisou.

Para a Diretora de Administração e Finanças do sindicato, Zeneide Nascimento, todo o cuidado é pouco em tempos de pandemia.

“Estamos falando de vidas. Por isso, os órgãos precisam assumir a responsabilidade nesse momento e não se eximirem dela. Recebemos diversas denúncias e iremos apresentá-las nas reuniões com os órgãos. No caso do TRE e dos cartórios eleitorais, é mais que necessário solicitarmos uma atenção devido a eleição. Além de álcool em gel, máscaras, precisamos de estruturas de acrílico para garantir o distanciamento, bem como a garantia que os servidores do grupo de risco continuem trabalhando remotamente”, disse.

Segundo o informe da Diretora, Tatiana Martins, alguns oficiais de justiça do TRT 22º se dispuseram a retornar para a rua como forma de evitar o acúmulo de  trabalho. Diante disso, a administração se comprometeu a contribuir com as máscaras, mas não com o álcool em gel.

A seguir, abordando a ‘reforma’ administrativa (PEC 32/2020), apresentada pelo governo Bolsonaro ao Congresso no início de setembro, o Diretor de Administração e Finanças do Sintrajufe, Donato Barros, elencou as iniciativas necessárias para a mobilização em torno da PEC 32.

“Se a reforma administrativa passar será o fim do serviço público.  Não podemos deixar isso acontecer. Mesmo com dificuldade de reunir com os colegas servidores, precisamos utilizar os meios que temos para conscientizá-los. Precisamos compartilhar mais informações sobre a PEC, participar dos movimentos nacionais pelas redes sociais, enviar e-mail aos parlamentares. Temos a nossa Federação atuando juntamente com outras entidades para barrar a aprovação da reforma, mas precisamos de ainda mais mobilização nessa luta”, frisou.

E ao final da assembleia, a respeito da ‘reforma’ Administrativa, foi aprovado divulgar conteúdos voltados a PEC 32/20 nas redes sociais do sindicato, além de dar mais publicidade aos eventos, palestras e atos nacionais que estão sendo realizados contra a reforma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Rua Magalhães Filho 573, Centro Sul - Teresina - PI
CEP 64001-350 Fones/Fax (86) 3221 1645 / 3221 0273