Voltar para o início


 

Diretor Pedro Laurentino participa de ato grevista dos professores estaduais realizado no Palácio de Karnak

O SINTRAJUFE/PI apoia a luta da categoria, que reivindica 33,24% de reajuste e pagamento dos percentuais recentes aos anos de 2020 e 2019

quinta-feira 5 maio 2022 às 12:11

Greve dos professores do estado pelo reajuste de 33,24% para a categoria

Na manhã desta quinta-feira (05), o Diretor de Formação e Política Sindical do SINTRAJUFE/PI, Pedro Laurentino, participou da manifestação dos professores estaduais, que aconteceu no Palácio de Karnak. O ato reivindica o pagamento dos reajustes salariais da categoria referentes aos anos de 2019, 2020 e 2021 e foi organizado pelo Sindicato dos Trabalhadores da Educação do Estado do Piauí (SINTE/PI).

Os professores exigem o reajuste de 33,24%, conforme definido pelo Governo Federal, além de 12,84% relacionado ao ano de 2020 e 4,17% à 2019. No entanto, a Assembleia Legislativa do Piauí aprovou o reajuste de somente 14,17% para os professores da rede estadual e o governo do Estado se nega abrir uma mesa de negociação.

Diretor do SINTRAJUFE/PI, Pedro Laurentino

O SINTRAJUFE/PI se solidaria com essa luta e une forças ao movimento por entender que a reinvindicação pelo reajuste salarial é uma digna.

Na ocasião, o Diretor Pedro Laurentino destacou a importância do ato. “O se faz com os professores e com a rede pública atinge toda a população. São os filhos do povo que estudam na escola pública. Atingir os professores é atingir  a população  de maneira geral. Em nome do Sintrajufe/PI, trazemos a nossa solidariedade e apoio aos professores e professoras. Vocês estão dando uma aula para a população do Piauí: a aula do exemplo”,  destacou.

`Presidente do SINTE, Paulinha Almeida

Para a Presidente do SINTE, Paulina Almeida, o movimento se mantém fortalecido até o reajuste ser alcançado.

“A nossa luta é legitima e forte tanto aqui na capital quanto nos núcleos regionais, a exemplo da manifestação realizada em Picos. Lá promovemos um movimento com grande repercussão em todo o estado do Piauí. A luta sempre vale a pena porque o nosso objetivo é galgar os nossos percentuais de reajuste. Vamos continuar”, disse.

Um grupo de oito estudantes da Unidade Escolar São Paulo, localizada no bairro Parque Piauí, participaram da manifestação.

Estudantes apoiam o movimento e levam a cartazes para a manifestação

Kaylane Sousa, que  representou os colegas, fez uma fala ao microfone defendendo o ato. “O que adianta nos termos uma escola e não ter professores para dar aula? O que vocês estão fazendo com esse dinheiro? Nós queremos estudar. Nosso direito é estar na sala de aula e só queremos isso”, questionou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Rua Magalhães Filho 573, Centro Sul - Teresina - PI
CEP 64001-350 Fones/Fax (86) 3221 1645 / 3221 0273