Voltar para o início


 

A luta não para! Trabalhadores fazem paralisação de 24 H e reivindicam na rua seus direitos.

A GREVE é fundamental para que consigamos a aprovação da PLC 28/2015!

domingo 31 maio 2015 às 0:10

Indignados com o posicionamento do governo, que se mantém contra os trabalhadores e nega o direito a reposição salarial, os trabalhadores pararam os tribunais na ultima sexta, dia 29, e organizaram uma grandiosa manifestação.

Durante a semana, a mobilização feita pelo sindicato foi importantíssima, as assembleias setoriais convocaram todos a lutarem pela aprovação da PLC 28/2015, contra o ajuste fiscal do governo que retira direitos, contra a PL 4330 referente às terceirizações e pela  nossa data base .

A manifestação ocorreu em frente aos cartórios eleitorais (29) a partir das 8 horas, com presença dos trabalhadores do Tribunal Regional do Trabalho, Tribunal Regional Eleitoral e Tribunal Regional Federal, que não pensaram duas vezes, foram à luta e atenderam ao chamado feito pelo sindicato. Vários aliados marcaram presença e contribuíram com colocações que enfatizaram a necessidade da organização e da luta.


IMG_7573[1]“São 9 anos sem reajuste, digno desse nome. Nossa greve é nacional, a luta é coletiva e estamos dispostos a lutar. Se estivermos unidos, venceremos essa batalha, venceremos essa luta! Porque o Judiciário Brasileiro só funciona com a força do nosso trabalho, com nosso esforço e nossa dedicação. Queremos justiça! A vitória é nossa se todos lutarem!” Diz Pedro Laurentino diretor de Formação Sindical do Sintrajufe.

 

IMG_7787[1]

 

 

Inacio diretor do Sindsprev registrou presença e comentou, “A luta tem que ser na rua mesmo. O trabalhador não tem alternativa. A historia prova, nesse país ou em qualquer lugar do mundo, só há conquista com muita luta!”

 

IMG_7695[1]

 

“Estou aqui em apoio à greve, o governo não está do lado dos trabalhadores e nem dos estudantes, diz que o Brasil é uma pátria educadora e corta bilhões da educação, é um absurdo! Avante companheiros, pois se o presente é de luta o futuro nos pertence!”, acrescenta  Ilana Mota, presidente da AMES/TERESINA.   

 

IMG_7733[1]

 

 

“Se não obtivermos resposta favorável sobre o nosso reajuste,  vai ter greve, o Brasil vai parar!”,afirma Madalena Nunes, diretora da Fenajufe.

 

 

 

Ao final da manifestação foi colocado para a votação o calendário de atividades nessa semana.IMG_7801

Foi aprovado vitoriosamente o calendário de atividades dessa semana.

 

Na sequência, nos dias 2 e 3 de junho, desta vez por 48 horas. E até o dia 10 de junho, após a avaliação nas assembleias de todo o país, será deflagrada a greve por tempo indeterminado dos servidores do Judiciário Federal.

IMG_7812[1]

 CALENDÁRIO

Segunda (01/06): Fórum e TRE às 8hs.
Terça (02/06): Justiça Federal às 8hs.
Quarta:(03/06): Greve – Assembleia Geral no Fórum Trabalhista

 

 

 

 

 

IMG_7737[1]


IMG_7659[1]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Rua Magalhães Filho 573, Centro Sul - Teresina - PI
CEP 64001-350 Fones/Fax (86) 3221 1645 / 3221 0273